Formas de evitar cheiro de gordura em seu restaurante

May 30, 2018

Você já visitou um restaurante e saiu de lá com cheiro de gordura, fritura ou comida impregnado na roupa e cabelo? Pior que isso é receber uma reclamação desse problema em seu estabelecimento, não é mesmo? Esse tipo de problema faz com que muitos clientes não voltem mais ao restaurante ou pelo menos diminuam a frequência de visitas.

 

Apesar de preocupante, esse fato é muito comum em restaurantes e outros estabelecimentos de alimentação e ocorrem devido a falhas no sistema de exaustão e ventilação ou ainda em função da inexistência de sistemas de tratamento de odores.

 

Segundo a Anvisa, a ventilação de uma cozinha deve garantir a renovação do ar e a manutenção do ambiente, livrando-o de fontes que possam comprometer a qualidade higiênico-sanitária dos alimentos, como: fungos, gases, fumaça, pós, partículas em suspensão e condensação de vapores.

 

Por isso daremos dicas de como vencer o problema do cheiro de gordura em seu empreendimento, falando sobre o sistema de ventilação natural, sistema de ventilação mecânica e a purificação de ar com ozônio para restaurantes.

 

 

Sistema de ventilação

 

Um sistema de ventilação e exaustão para cozinhas profissionais deve realizar a remoção e tratamento dos vapores e gases gerados pela cocção dos alimentos. Esse sistema deve manter todo ambiente do empreendimento livre de fumaça e odores, renovando o ar constantemente e mantendo uma temperatura confortável.

 

 

Ventilação natural

 

Um sistema de ventilação natural consiste em tirar proveito da velocidade do ar, direção dos ventos e posicionamento das janelas para exaustão do ar contaminado e entrada de ar novo por meio da ventilação cruzada, efeito chaminé ou outras técnicas.

 

Para que esse projeto seja eficiente, é necessário grande planejamento de profissionais especializados no assunto. Veja um exemplo de refeitório que se utiliza dos ventos e da ventilação cruzada para combater os maus odores e ainda auxiliar no controle de temperatura.

 

 

 

 

 

Ventilação mecânica

 

Um sistema de ventilação mecânica para restaurantes e cozinha é composto por um sistema de exaustão que irá coletar, tratar e conduzir os vapores e gases da cozinha para o ambiente externo. Funcionando em conjunto, o “sistema de insuflamento” fará a reposição do ar, levando o ar externo para dentro do ambiente.

 

Uma consideração importante é que o volume de ar que entra no ambiente deverá ser menor que o volume de que sai pelo sistema de exaustão. Isso mantém a cozinha com “pressão negativa”, que força o ar a correr pela direção correta, evitando que ocorra dispersão dos odores da cozinha para as áreas adjacentes.

 

Vemos assim que esse sistema também deve ser muito bem planejado por profissionais especialistas no assunto, garantindo boas condições de trabalho, segurança alimentar, boas condições para os usuários e o bom funcionamento do restaurante.

 

Um sistema de ventilação e exaustão eficiente requer planejamento técnico e investimento que normalmente é alto. Infelizmente, muitas empresas arriscam-se a produzir e comercializar coifas e sistemas amadores, muitas vezes mal dimensionados e que não funcionam adequadamente.

 

E o que fazer quando você já investiu muito dinheiro em um sistema que não garante a completa eliminação dos odores? Muitas pessoas obrigam-se a conviver com os odores indesejados, que se dissipam para as áreas de atendimento, afugentando os clientes.

 

 

 

Sistema de purificação do ar com ozônio

 

O ozônio é um poderoso oxidante e germicida natural que realiza, entre outras funções, a purificação do ar. Suas características eliminam odores de difícil remoção, como cheiro de gordura, comida, fritura e até mesmo cigarro. Além de odores, o ozônio tem a capacidade de eliminar fungos, vírus e bactérias.

 

Os ozonizadores de ar produzem ozônio por meio do efeito corona e liberam o ozônio no ambiente, possibilitando a eliminação dos odores indesejados, deixando o ambiente agradável, com ar mais puro e oxigenado. Os ozonizadores possuem um baixíssimo consumo de energia elétrica e não se utilizam de produtos químicos, sendo ecologicamente corretos.

Efeito Corona: As moléculas de oxigênio (O²) se transformam em ozônio (O³) e após sua ação, voltam à forma original.

 

 

Cada equipamento purificador de ar com ozônio pode cobrir até 150 m³, possibilitando um fácil dimensionamento. Sua instalação também é fácil, sendo necessário apenas um ponto de energia e a fixação na parede. Seu funcionamento pode ser controlado através de controle remoto ou programado previamente.

 

Agora que você já conhece essas 3 formas de evitar o cheiro de gordura em seu restaurante, aplique-as em conjunto, e leve mais segurança ao ambiente e prese pele satisfação dos clientes. Quer dicas saber mais sobre o sistema de purificação do ar com ozônio? Clique na frase abaixo.

 

Conheça os ozonizadores purificadores de ar com ozônio da Oxipower.

 

 

 

 

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Linkedin
Please reload

Posts Em Destaque

Madeira Sintética PVC: Durabilidade e Personalização

September 16, 2020

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags